Esquizofrenia social… poderosa.

Vivemos um momento ímpar com uma desvirtualização da ética, da moral, dos costumes, das qualidades e sabe-se lá mais o que. Na verdade, sabe-se sim, a questão é que listar tudo, iria cançar a ponta dos dedos.

Precisamos de um choque, um choque na educação, um choque na saúde, um choque na segurança, e um choque e de 5 mil wolts na política. Mas este choque tem pegar os grandes, os poderosos senão não resolverá.

Estamos a mercê do poder de alguns e o poder se concentra em várias esferas. Assim como a Igreja Católica na época da Inquisição, hoje a inquisição em seu inteiro poder da palvra acontece em nosso dia a dia, com a exploração dos menos favorecidos, dos menos informados, com a  exploração política generalizada, favorecendo meia dúzia de bostas que irão ser apenas esterco lá na frente, e prejudicando milhares de famílias trabalhadoras. O povo esta cançado, muito cançado. O poder é doentio e como um verme se infltra na sociaedade , nas famílias e nos negócios de todos e de tudo.

Municípios pequenos tem por exemplo as Igrejas que elegem seus candidatos seja ela , católica que;  pelo que me parece já tomou partido em Garibaldi pelo menos, ou as Igrejas Evangélicas que fazem um trabalho exepcional que a católica terá que engolir, com a perda de seus fiéis a cada dia de missa da semana.

Vivemos um monento ímpar. Uma época em que os nada mais é real, apenas o momento, o instante. Um hipocrisia diária nas redes sociuais, onde uns vendem a alma para comprar um corpo, e outros fingem viver uma vida que jamais foi deles. Uma esquizofrenia social deliberada. Ninguém mais se intende, igrejas, maçonicos, associações, partidos, todos se metem em tudo, todos falam de tudo e de todos como se o livre arbítrio tivesse que ser aplicado 24h por dia, mas contrae não a favor.

Háa essa mudança..acredito que a mudança tem de vir pontiaguda, com ações fortes, de igual para igual seja em que setor da sociedade. Eu quero pagar pra ver e você?

Bosonaro 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*